Emídio

Sandro William Junqueira

21 abril | 15:30 | Casa Museu Egas Moniz
Bilhetes: 8€ | Reservas: reservas@alvancafestival.pt

Sinopse

Emídio é nome de ilusionista. É nome de diabo, de pirulito, de homem em fuga, de artista. Emídio é nome de avô e é também nome de avó, e de um amor que foi uma espécie de fé. EMÍDIO é o que nos conta o seu neto-escritor. É um trabalho sobre a memória, sobre o engano, sobre a arte, sobre os limites da ficção. E é sobre contar uma mentira da melhor maneira possível para que se torne a mais bela das verdades. Se estou aqui. Se estou aqui a contar esta história que partiu vidas em pedaços. Se estou aqui é porque queria mesmo contar esta história. Contar uma história é uma tarefa infinita.

Ficha Técnica

  • Co-criação: Giacomo Scalisi e Sandro William Junqueira
  • Texto: Sandro William Junqueira
  • Encenação: Giacomo Scalisi
  • Interpretação: Sandro William Junqueira
  • Com a participação: Ermelinda Ribeiro Vicente
  • Direcção técnica: Joaquim Madaíl
  • Produção : Lavrar o Mar, Cooperativa Cultural
  • Promoção, difusão e agendamento: Companhia Nacional de Espectáculos

  • Duração: 60 minutos

  • Classificação: Maiores de 12
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Emidio - Sandro William Junqueira
Fotografias de João Mariano

Sandro William Junqueira

Sandro William Junqueira (1974) nasceu em Umtali, na antiga Rodésia. É escritor, encenador, professor de expressão dramática, e autor de vários projetos de promoção do livro e da leitura. Publicou, na Caminho, os romance O Caderno do Algoz, 2009, Um Piano para Cavalos Altos, 2012, No Céu Não Há Limões, 2014, finalista do Grande Prémio de Romance e Novela APE; três livros para crianças: A Cantora Deitada, 2015, A Grande Viagem do Pequeno Mi, 2016, e As Palavras Que Fugiram do Dicionário, 2018 (Vencedor do Melhor Livro Infantil-Juvenil para o Prémio Autores 2018 - SPA). Quando as Girafas Baixam o Pescoço, 2017, Nomeado Melhor Romance para o Prémio Autores 2018 – SPA, e A Sangrada Família são os últimos romances.